Musas de Tinta

z

Canário Negro

A heroína foi criada pelo roteirista Robert Kanigher e pelo artista Carmine Infantino surgindo pela primeira vez no gibi Flash Comics n° 87, de 1947.

Black Canary surgiu como a maioria dos heróis clássicos na Era de Ouro (graças ao surgimento do Superman) e seu nome é Dinah Drake. A heroína foi um dos membros fundadores da Sociedade da Justiça.

SJA pertencia a Terra-2 enquanto a Liga que surgiu depois existia na Terra-1. Um fato pra mim muito injusto, pois eles foram os heróis originais (algo que simplesmente não consigo entender).

Dizem as lendas que durante o dia ela trabalhava como florista e a noite combatia o crime (usando uma peruca loura e também uma máscara).

Dinah apareceu como uma coadjuvante nas histórias do Johnny Trovoada que ficou apaixonado por ela, mas pensou que se tratava de uma vilã. Só que na verdade a Canário estava agindo infiltrada numa quadrilha (situação que se tornou normal em sua carreira).

Então houve uma confusão durante a Era de Prata, pois a Canário Negro migrou pra Terra-1 permanecendo jovem enquanto seus amigos da SJA apareciam velhos (sendo que surgiram durante o mesmo período).

Esse fato super estranho entre outros fatos estavam causando uma confusão na cronologia e também na cabeça dos leitores (culminando pouco depois na Crise nas Infinitas Terras).

Então tentando acabar com esta bagunça em 1984 a DC decidiu explicar que havia duas heroínas que usaram a alcunha de Canário Negro.

A primeira foi Dinah Drake  que era casada com o policial Larry Lace e havia atuado na Sociedade durante os anos 40 e que sua filha agiu ao lado da Liga da Justiça, nos anos 60.

Dinah Lance é a segunda heroína a envergar o manto de Canário Negro e agiu ao lado da Liga da Justiça, nos anos 60. A heroína é uma exímia lutadora e gosta muito de bater em seus oponentes. Foi treinada por diversos mestres, porém o mais importante deles é Ted Grant, o Pantera.

Diferente de sua mãe que não tinha nenhum superpoder, Dinah Lance, é possuidora do supersônico Grito da Canário (o qual dependendo da intensidade pode deixar desacordado ou até matar alguém).

Uma mudança significativa na heroína foi sua atuação na equipe Aves de Rapina, que havia sido criada pela Oráculo e a Canário desempenhava a função de agente de campo (nesta época combatendo apenas terroristas e traficantes de drogas e armas).

Depois veio a inclusão da Caçadora, Cigana e por último a Lady Falcão Negro. Dizem as lendas que a Poderosa também já participou da equipe, mas devido a um sério problema no Qurac acabou abandonando o grupo pra sempre.

As Aves de Rapina conta com diversos membros de apoio como: Asa Noturna (Dick Grayson), Besouro Azul (Ted Kord que atualmente está morto), Robin (Tim Drake), Creote, Pantera e Savant.

A série Mulher-Gato (Birds of Prey, no original) foi pra telinha baseada nas heroínas dos gibis, em 2002. Desta vez tivemos a heroína original com seu nome mudado para Carolyn Lance sendo interpretada pela atriz Lori Loughlin.

A mesma situação fizeram com sua filha Dinah Redmond que foi interpretada pela atriz Rachel Skarsten.

Em Smallville vimos Dinah Lance sendo vivida pela atriz Alaina Huffman (surgindo durante a 7° temporada).

A heroína também está no seriado do Arrow e desta vez modificaram bastante sua história. Seu nome é Sara Lance (Caity Lotz) ela é a irmã mais nova de Laurel Lance (que todos achavam que estava morta durante um naufrágio).

Na verdade ela foi resgatada viva pela Liga dos Assassinos tornando-se uma agente campo treinada por eles. Porém algum tempo depois resolveu deixar tudo e voltar pra Starling City para agir como a vigilante Canário Negro.

Eu quase ia me esquecendo lá na década de 70 a atriz Danuta Wesley deu vida a heroína no infame filme pra telinha Legends of the Superheroes.

No desenho da Liga da Justiça Sem Limites ela surge ao mesmo tempo que o Arqueiro Verde. No episódio O Pantera e a Canário ela pede ajuda de Oliver pra retirar seu mentor de uma luta clandestina, pois ele poderia ser expulso da Liga.

O Arqueiro demonstra ciúme pensando que eles tinham algum envolvimento, mas não era nada disso, porque Ted Grant era um mentor e amigo de Dinah (ela cresceu vendo a SJA agindo). Alguns episódios depois temos Luta de Ressentimento, no qual a vilã Roleta que estava indo a falência decide usar as heroínas da Liga pra ganhar dinheiro.

A Caçadora descobre o esquema ao seguir a Canário que estava agindo estranhamente sob efeito de controle mental (havia uma certa mágoa na convivência das duas). A situação só piora quando entram Vixen, Mulher-Gavião e Diana, pois o nível da violência e veracidade das lutas são incríveis.

Bom, Oliver e Dinah estiveram recentemente casados, mas ambos tem uma relação  antiga que existe desde os anos 60. O casamento rolou numa edição especial com roteiro de Judd Winick e arte de Cliff Chiang, mas pelo que sei não durou muito tempo este casório (se não me engano foi devido a uma pulada de cerca do Oliver).

A Canário Negro chama tanto atenção por ser uma heroína forte e ao mesmo tempo não deixa sua feminilidade de lado e nos momentos de maior tensão sempre consegue pensar num meio de se sobressair.

Dinah além de seu grito sônico é uma das melhores artistas marciais que existem (ela conhece os mais diferentes estilos de luta). E exerce a função de treinar os novatos em técnicas de combate. Podemos ver isso no desenho Justiça Jovem quando ela demonstra pro Superboy que força não é tudo.

No Grêmio da Justiça a heroína Sereia Negra é uma homenagem pra Canário original (assim como o restante da equipe é uma homenagem pra SJA).

E só pra fechar em Batman: Os Bravos e Destemidos se eu não estiver enganado a heroína aparece baseada em seu estilo que havia na Era de Prata.

Confira na galeria abaixo algumas imagens da Canário Negro que garimpei na web

0-flash-comics-1947 1.1 1.2-Black_Canary_Dinah_Drake_Lance

jim lee

1-alex-ross 2-bruce-timm 3 4 6

black canary jim lee

8 9 10 11 Print 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

canario negroblack_canary_by_deilson_by_ed_benes_studio

23 25 26 27 28 29-danuta-wesley 30-Carolyn_Lance_Birds_of_Prey BOP-0395 32-grêmio da justiça al-rio Birds_of_Prey_(The_Brave_and_the_Bold) black_canary_by_pop_lee bruce-timm 0 bruce-timm 1 bruce-timm 3 dave-hoover 0 dave-hoover 1.1 dave-hoover-1 dave-hoover-2 dave-hoover-3 david-lima des-taylor diego_bernard ed-benes 0 ed-benes 1 ed-benes 2 jim-lee marcio-abreu-1 marcio-abreu-2 michael-bair paolo-rivera raf marinetti raf-marinetti steve-rude the-brave-and-the-bold wallpaper 0 wallpaper 1 wallpaper 2 wallpaper 3

Ober un evezhiadenn

Filed under Musas de Tinta

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s