Tag Archives: Gwen Stacy

As Melhores Adaptações de HQ – Parte 4

Thor_2

Nesta lista infelizmente há dois filmes que não caíram totalmente no gosto de alguns críticos, mas eu não estou nem aí pra isso.

Sem mais firula conheça meus comentários sobre estes filmes.

Thor 2: O Mundo Sombrio – 2013

No primeiro filme, Thor (Chris Hemsworth) foi iludido por Loki (Tom Hiddleston) começando uma guerra contra os Gigantes de Gelo, de Jotunheim. Por causa de seu ato arrogante foi banido de Asgard por Odin (Anthony Hopkins) e também perdendo seus incríveis poderes.

Aqui em Midgard teve que aprender uma lição de humildade para ser digno de reaver o que era seu por direito. O primeiro longa teve cenas belíssimas de Asgard  e uma comparação dos Três Guerreiros a Xena, Robin Hood e Jackie Chan (deixando aquela imensa vontade de quero ver mais).

Nos trazendo ao Mundo Sombrio que explora melhor a mitologia do herói mostrando os Nove Mundos e também um dos seus piores arqui-inimigos, Malekith (Christopher Eccleston).

Na excelente série animada dos Vingadores temos o episódio “O Cofre dos Invernos Antigos” aonde a equipe precisa enfrentar Malekith.

Voltando, Malekith deseja vingança pela derrota sofrida no passado por Odin e quer destruir todo universo usando o Éter, um tipo de trevas eternas.  Outro aspecto importante da trama é o relacionamento entre Jane Foster (Natalie Portman) e o Deus do Trovão que torna-se mais conflituoso, principalmente, porque, Odin não aprova essa união.

Como se só isso não fosse suficiente, Jane foi contaminada pelo Éter e o herói também precisa enfrentar, Kurse (Adewale Akinnuoye-Agbaje, outro inimigo retirado dos gibis).

Então, Thor é obrigado a tomar a difícil decisão de aliar a Loki para salvar sua amada e todos os Nove Reinos. Porém ele sempre contará com a ajuda da bela Lady Sif e dos Três Guerreiros pra todas as batalhas que enfrentar.

Thor: O Mundo Sombrio contém cenários maravilhosos de Asgard, cenas de batalha empolgantes e até uma homenagem a Journey Into Mistery # 83 (gibi com a primeira aparição do Trovejante). Já que o herói enfrenta um enorme ser de pedra como nesta referida edição.

Apesar de ser um filme denso, pesado, conflitante ainda sobrou tempo para inserir algumas cenas engraçadas. Numa ótima atuação de Stellan Skarsgård que interpreta o Dr. Erik Selvig. Mais também temos o destaque de Tom Hiddleston (Loki) que como sempre rouba a cena transformando-se naquele vilão que todos nós adoramos odiar.

Na famosa cena pós-créditos temos Sif e Volstagg visitando O Colecionador (o diretor Benicio del Toro) deixando o Éter em seus poder. Ele afirma que o Tessaract já está em Asgard e duas Joias do Infinito estando tão próximas torna-se muito perigoso.

As joias são seis pedras que contém poderes incomensuráveis e Thanos utiliza-as numa manopla para poder controlar o universo. Nos quadrinhos tivemos algumas batalhas incríveis usando todo o panteão da Marvel para deter o deus que venera a morte.

Acho que a Marvel irá ousar e também causar alvoroço nos fãs de gibis trazendo isso para a telona vai ser demais (basta apenas esperar pra assistirmos).

E só pra fechar essa cena também nos conecta ao engraçadíssimo Guardiões da Galáxia que comentarei mais pra frente.

Spider-man_vs_electro

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça do Electro – 2014

Uma continuação sempre carrega o peso de precisar ser melhor que o filme anterior. E pra mim O Espetacular Homem-Aranha 2 consegue provar isso muito bem.

O Cabeça de Teia é um dos heróis mais queridos de todos no mundo. Sejam pessoas que não acompanham gibis que são a grande maioria. Pois conhecem apenas os desenhos animados da telinha que de tempos em tempos sempre há uma nova versão.

Ou aqueles como nós fiéis leitores que possuem cada um á sua maneira uma fase preferida do Escalador de Paredes (a minha é esta aqui).

Tacaram pedra no Andrew Garfield quando a culpa não foi somente dele, pois sinceramente, eu vi seus problemas, dramas pessoais e conflitos que nos conectam diretamente com o PP que há nos quadrinhos na telona.

Vemos que Peter sente-se culpado por não conseguir manter a promessa de se afastar de Gwen Stacy (Emma Strone) sofrendo amargamente por essa decisão. Os problemas começam quando, Max Dillon (Jamie Foxx), um cara muito solitário demonstra uma enorme obsessão pelo Teioso (após ser salvo pelo herói).

Lembrando que na série animada de 2003, Cristina demonstrou a mesma afeição doentia pelo herói.

Infelizmente no filme o Amigão da Vizinhança enfrenta três inimigos Electro, Harry Osborn (Dane Haan) que devido a uma alteração genética torna-se o Duende Verde e o Rino (Paul Giammatti), numa armadura igual a versão Ultimate, mas aparece pouquíssimo.

O grande problema desta adaptação é que tentou tornar-se épica. Mexendo com a memória afetiva dos fãs contando a Morte de Gwen Stacy, mas fora isso as cenas de ação estão excelentes.

Fiquei realmente puto e não deu pra aceitar aquela teia parecendo uma mão pra salvar, Gwen quando estava caindo. Sua perda é um aspecto muito marcante pra mim em minha vida como fã do herói. E devido ao fracasso teremos outro ator interpretando PP/Homem-Aranha na telona.

A franquia de Sam Raimi mesmo tendo escorregado no terceiro filme. Ainda continua marcante pra vários de nós, principalmente, pela presença do impagável J. Jonah Jameson e vai ser preciso mostrar algo que continue a nos surpreender pra virar um sucesso.

Só pra fechar mesmo tendo detestado ver, Gwen morrer novamente. Confesso que adorei a cena do garotinho sair do meio da multidão enfrentado o Rino (foi sensacional).

Scott_Pilgrim_vs._the_World

Scott Pilgrim contra o Mundo – 2010

O filme foi baseado no gibi do artista Bryan Lee O’Malley.  Seu estilo de arte é obviamente influenciado pelo mangá.

Estamos em Toronto, no Canadá e Scott Pilgrim (Michael Cera) mora num apartamento com Wallace, seu amigo homossexual. Scott está se remoendo no fundo do poço e desiludido com sua vida amorosa. Desde que Envy Adams terminou com ele pra fazer sua carreira decolar.

Scott é integrante da banda “Sex Bob-omb” e de repente começou a namorar Knives Chau (Ellen Wong), uma linda colegial, porém seus amigos são contra esse relacionamento.

A situação começa a mudar quando surge em sua vida a misteriosa Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winsted) e Scott acaba se apaixonando perdidamente por ela.

Confesso que fiquei muito entusiasmado com Ramona, pois além de ser cativante. Ela até viaja através de buracos de minhoca como se fosse algo simplesmente normal.  Nos quadrinhos da DC temos a caixa materna pra fazer esta ligação de um ponto a outro do universo.

Voltando, quando estava disputando a batalha de bandas, Scott foi atacado pelo convencido Matthew Patel e descobre que para ficar com Ramona. Terá que enfrentar toda Liga dos Sete Ex-malvados do Mal que são ex-namorados dela que não querem deixar a moça em paz.

Podemos destacar a presença de Chris Evans como o ator Lucas Lee e Brandon Routh como Todd Ingram que possui poderes psíquicos veganos que lembram demais o Azulão.

Eu que não gosto de jogo fiquei fascinado pela estética deste filme, pois Scott Pilgrim Contra o Mundo funciona como uma partida de videogame, pois a vida do herói acontece como se fosse num jogo.

A parte interessante é notar que Scott precisa passar de fase para poder realmente conquistar Ramona, pois a cada luta ele ganha tanto uma vida quanto poderes extras.

Fora isso há cenas de ação maravilhosas nas lutas de Ramona usando Scott contra Roxie Richter. Ou ainda na parte final quando vemos o sinistro e impagável Gideon Graves, pois é ele quem orquestrou tudo.

Sem contar com o rock pesado garantido como som de fundo, as cenas que lembram páginas de quadrinhos, o desenvolvimento da história rápida, frenética, alucinante, contagiante e também engraçada (tudo na medida certa).

Se você ainda não assistiu está perdendo seu tempo, pois Scott Pilgrim é emocionante demonstrando até um final alternativo (que não vou contar pra não perder a graça).

Relembre aqui da terceira parte.

Advertisements

Ober un evezhiadenn

Filed under As Melhores Adaptações de HQ – Parte 4

Cosplay Girl

z

Mary Jane Watson

A bela ruiva é uma modelo consagrada e surgiu para ser somente uma mera coadjuvante nas histórias do Cabeça de Teia. 

Pra mim seu comportamento divertido e seu jeito simpático de ser acabou despertando minha atenção. O relacionamento com Gwen Stacy foi realmente marcante e histórico nas histórias do herói.

Mais ao longos dos ano MJ foi angariando milhares de fãs ao redor do mundo.

Com certeza ao lado de Peter Parker, a ruiva forma um dos casais mais famosos dos gibis.

Confira na galeria abaixo algumas modelos que estão homenageando nossa musa Mary Jane e só pra acrescentar também temos Gwen StacyGata Negra

0 1.1 1 2 4.1 4 5 6 9 10 11 SONY DSC 13 14 16 17 18 19 20-kitty_honey 21-alisa kiss 22 23

mary_jane mary-jane

24 25 26 28 29 black-cat 0 black-cat 1 black-cat 2 black-cat 3 black-cat 4 black-cat-destiny-nickelsen black-cat-jewels hardy black-cat-yaya-han callie cosplay 1 Callie Cosplay 2 callie cosplay 3 callie cosplay 4 eve-beauregard joanna-mari 1 joanna-mari 2 joanna-mari 3 kristen-hughey nadya-sonika nicole marie jean 0 nicole marie jean 1 samira-khan stacey rebecca 0 stacey rebecca 1.1 stacey rebecca 1 stacey rebecca 2 wallpaper wallpaper-mary jane watson-kiity-honey

Ober un evezhiadenn

Filed under Cosplay Girl

Musas de Tinta

z

Mary Jane Watson

“Encare isso, Tigrão… você tirou a sorte grande!”

Frase icônica e clássica dita pela ruiva mais sensual dos gibis, MJ surgiu como coadjuvante do Cabeça de Teia em Amazing Spiderman # 25 (1965). E para segurar o interesse dos leitores nas primeiras cenas o rosto de MJ não aparecia.

A estratégia de Steve Ditko era mostrar somente parte de seu corpo e o rosto ficava encoberto pelo cenário (então na edição 42 tivemos o vislumbre de seu belo rosto).

Dizem as lendas que o relacionamento com Betty Brant não estava legal, pois ela culpava o Homem-Aranha pela morte de seu irmão. E os artistas da época decidiram criar um novo par romântico pro herói, mas havia um impasse entre Stan Lee e Steve Ditko quanto a aparência da personagem.

Enquanto Lee queria que fosse bonita, Ditko pensava numa versão mais real e que seria melhor que fosse feia (esta pendenga durou alguns meses). Foi apenas por isso que MJ aparecia sempre com seu rosto encoberto.

Mary Jane é a filha mais nova de Philip e Madeline Watson que tinham um relacionamento conturbado com várias brigas (e sua irmã mais nova é Gayle).

As culpadas para que houvesse algo entre MJ e PP foram Tia May e Anna Watson que viviam sempre arranjando encontro entre seus sobrinhos, mas geralmente havia algum contratempo para que isto não acontecesse.

Quando PP entrou para o círculo pessoal de amigos de Harry Osborn no qual já estavam Gwen Stacy e Flash Thompson. Peter ficou apaixonado por Gwen e MJ ficou apenas como sua amiga.

A grande diferença estava no ponto de vista delas, pois MJ sempre via Peter  apenas como um “nerd” e Gwen gostava dele do jeito que era.

Mary Jane ascendeu realmente ao posto de maior par romântico do herói após a morte de Gwen Stacy.

Ela é o tipo de mulher que deixa qualquer homem de queixo caído com sua presença, pois além de ser uma modelo famosa e bem sucedida. Esbanja simpatia com seu jeito espontâneo de ser (o que despertou minha atenção nela é que gosta de curtir a vida e se divertir).

A Editora Abril lançou O Casamento do Homem-Aranha na edição de número 100, em 1987. Durante a trama havia um clima de dúvida e também incerteza entre ambos para saber se realmente queriam ficar juntos.

Afinal de contas as histórias do Cabeça de Teia tentam se aproximar o máximo possível do cotidiano comum. Lembrando que MJ estava afastada há algum tempo da vida de Peter e quando voltou soltou a bomba que sabia de sua identidade secreta.

Na época a Marvel tratou como se fosse realmente um casório de verdade. Houve uma cerimônia que aconteceu no estádio Shea, Nova York (durante um jogo de beisebol).

O próprio Stan Lee casou Mary Jane a modelo Tara Shannon com um ator vestido de Homem-Aranha usando terno e gravata diante de várias pessoas.

Bom, fora isso foi realmente um marco histórico ver Peter e Mary Jane juntando as escovas.

E desta união surgiu a pequena May Parker (Garota-Aranha). Mais eu não sei por qual motivo na época puseram a menina numa Terra Paralela.

O Escalador de Paredes ao longo das décadas teve diversas séries animadas e em algumas delas tivemos a presença da ruiva. A primeira aparição de Mary Jane foi no desenho dos anos 60. No episódio “The Big Brainwasher”, ela surgiu como sobrinha do Capitão Stacy.

Já a segunda foi em Homem-Aranha: A Série Animada, nos anos 90. Produzido pela Marvel Productions e também contando com Stan Lee como produtor executivo.

É uma das séries mais fiéis ao universo do herói nos gibis. Aqui, Peter tinha um relacionamento com Felícia Hardy (Gata Negra), porém eles terminam. A grande diferença está na adaptação da clássica edição A Morte de Gwen Stacy que foi trocada por MJ. Não decretaram sua morte, mas a jogaram em outra dimensão (loucura purinha!).

Depois no péssimo e horrível Homem-Aranha, Ação Sem Limites (1999), MJ está casada com Peter, mas aparece somente uma única vez.

Também tivemos a participação da ruiva na estranhíssima Homem-Aranha, a nova série lançada em 2003. É claro que acompanhou o enorme sucesso do primeiro filme de Sam Raimi, mas a produção da empresa Mainframe Entertainment usou somente computação gráfica.

Na época gostei dos movimentos do Teioso que ficaram muito legais, no entanto hoje examinando com calma. Deu pra notar que a animação ficou diferente demais simplificando totalmente sem graça.

Sua aparência foi bastante modificada, pois ela estava com os cabelos curtos. E seu relacionamento com Parker ficava num chove não molha (até realmente acontecer).

Em 2008, tivemos O Espetacular Homem-Aranha, na qual o herói está realmente com 16 anos (sua idade no gibi original). MJ é retratada como adolescente e o namoro dela com PP não aconteceu.

Por último temos o divertidíssimo Ultimate Homem-Aranha (2012). MJ é uma amiga de infância de Peter que trabalha como jornalista no Clarim Diário. Sua intenção é conseguir uma entrevista exclusiva com o Amigão da Vizinhança.

Na telona a atriz Kirsten Dunst interpretou Mary Jane na franquia de Sam Raimi. O relacionamento deles era cheio de altos e baixos. Fato que nos levava a torcer que desse certo.

Durante O Espetacular Homem-Aranha 2 disseram que Shailene Woodley iria nos presentear interpretando nossa musa, mas infelizmente suas cenas foram cortadas. Surgiram diversos boatos na época, mas o filme se concentra no relacionamento entre Gwen e Peter. Podemos acompanhar o trabalho dela na cinessérie “Divergente”, como a heroína Beatrice Prior.

Como curiosidade no Universo Amálgama nossa musa apareceu como a Rainha Inseto no final da aventura do Spider-Boy.

E também na realidade alternativa do Marvel Mangaverso, MJ torna-se a Mulher-Aranha pertencente ao ninja do Clã do Aranha.

Confira na galeria abaixo algumas imagens da belíssima Mary Jane que garimpei na web

0-alex-ross

1-mary-jane-kirsten-dunst 2-mary-jane-shaylene-woodley

3-Mary_Jane_anos-90 4-mary-jane-2003 5-Mary-Jane-espetacular-2008 6-mary-jane-ultimate-spider-man 7-Mary_Jane_Amalgam_Universe 8-spider-woman-mangaverse 9 10 11

Mary Jane

12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28spider_girls_by_jmascia

29 30 adam hughes OLYMPUS DIGITAL CAMERA brian fajardo bruce timm 1 bruce timm 2 bruce timm 3 cris delara 1 cris delara 2 des taylor 1 des taylor 2 des taylor 3 des taylor 4 des taylor 5 ebas ed-benes elias chatzoudis j. scott campbell 0 j. scott campbell 1 j.broomall jamie tyndall 1 jamie tyndall 2 john romita joseph michael linsner 1 joseph michael linsner 2 joseph michael linsner 3 marcio-abreu Mary-Jane-2 mathieu-reynes mike debalfo paolo-rivera paulo-siqueira steve rude 1 steve rude 2 steve rude 3 steve rude steve-rude tim sale todd-mcfarlane wallpaper 1 wallpaper 2-by-des-taylor wallpaper 3-by-des-taylor wallpaper 4-by-j. scott-campbell wallpaper 5

Ober un evezhiadenn

Filed under Musas de Tinta

Herói

z

Homem-Aranha – Anos 80

A Saga do Uniforme Negro

Eu não consigo mais acompanhar os gibis do Aracnídeo como antigamente, mas até que Spider-Verse me interessou. Apenas por conter “quase” todas as versões alternativas do Teioso, no entanto são muitas edições pra acompanhar (e eu não irei ler nada).

Como velho e incorrigível saudosista que sou fico me prendendo as antigas histórias que li. Será que é um erro? Não sei, pois a verdade é que já houveram tantas mudanças nas aventuras do Cabeça de Teia que não consigo mais ter paciência pra ler.

Bom, a entrada do artista Todd McFarlane foi muito significativa pras histórias do herói. Sua arte contribuiu pra demonstrar o Teioso totalmente encurvado ficando mais parecido mesmo com uma aranha. Além disso sua teia ficou com aparência suja demonstrando um fluido viscoso e gosmento.

Essa mudança visual alavancou as vendas dos gibis tornando-se um grande sucesso (vendendo uns cinco milhões de edições). E também estabelecendo um novo padrão nos quadrinhos da época.

Só pra constar as recentes adaptações do Amigão da Vizinhança pra telona demonstraram o formato da teia e também dos movimentos do personagem (baseados na fase de Todd McFarlane nos gibis).

Lembrando, que durante os anos 80 a Casa de Ideias lançou as Guerras Secretas. Aventura na qual heróis e vilões da editora se digladiavam num planeta distante (foram abduzidos pelo maluco do Beyonder).

Numa batalha o uniforme do Cabeça de Teia ficou rasgado e Peter encontrou uma máquina pensando que conseguiu costurar um novo. A grande diferença é que era todo negro com a aranha branca inteiriça (tanto na frente quanto nas costas).

Peter ficou eufórico ao descobrir que o novo uniforme além de ampliar sua força, lançava sua própria teia, mudava de aparência e se movia diante sua força de vontade. Na época eu achei o uniforme negro o máximo, mas depois ficamos sabendo que o uniforme era um parasita alienígena (que sugava sua energia vital).

Todas as noites que Peter voltava pro seu apartamento, o simbionte forçava-o a sair novamente pras ruas (deixando-o mais agressivo e exausto pra caramba). Quando começou a ficar difícil pra retirar o uniforme negro, Peter pediu ajuda pro Reed Richards que descobriu tudo sobre o simbionte.

A única solução foi usar uma arma sônica que conseguiu finalmente libertar o herói deste tormento. Foi muito engraçado ver o Escalador de Paredes com um saco na cabeça e usando um uniforme do Quarteto emprestado pra poder ir embora.

Reed aprisionou o simbionte, porém ele se soltou e foi a procura de PP. Infelizmente o simbionte fugiu e devido ao período que estava unido ao Cabeça de Teia encontrou-o facilmente.

O uniforme negro estava tentando dominar o Amigão da Vizinhança no alto de uma igreja (sendo o som de um sino tocando a única arma contra o alienígena). O simbionte deixa Peter de lado, mas une-se a Eddie Brock que havia sido despedido por uma notícia falsa (ambos nutriam um enorme ódio do Aranha).

Eddie se uniu ao simbionte formando Venom um dos melhores vilões das histórias do Aracnídeo (surgido no final da década de 80). Só pra contar o péssimo filme Homem-Aranha 3, de Sam Raimi (2007) mostrou um “pouco” desta origem.

O visual do uniforme negro ficou bastante popular e Peter acabou usando um outro uniforme, mas de tecido presenteado pela sua namorada a Gata Negra (deixando dependurado o clássico vermelho e azul).

Sobre Felicia lembro que na época ela não gostava do Peter, mas apenas do Cabeça de Teia. Situação bastante complicada de entender já que ambos são a mesma pessoa (loucura!).

Bom, durante os anos 80 ainda tivemos outros momentos marcantes nas histórias do Aracnídeo. Como a Morte de Jean DeWolff, a capitã de polícia havia sido morta pelo serial killer Devorador de Pecados. Eu me lembro que a capitã era a única que apoiava o herói e Peter descobriu que ela era apaixonada por ele (instigando um ódio tremendo pelo vilão e um imenso sentimento de vingança).

Também naquela década, tivemos outros vilões que davam muito trabalho pro Teioso como o Puma, Thomas Fireheart um mercenário que tinha poderes sobre-humanos místicos misturados com engenharia genética.

Outro que deixava o herói com bastante dor de cabeça foi o Duende Macabro que havia descoberto os equipamentos do Duende Verde e adaptado pra usa-lo. Lembro que havia uma grande expectativa pra saber a sua identidade.

Uma das maiores bombas na vida do Aracnídeo foi a revelação de Mary Jane que disse saber há muito tempo que PP era o herói. Fato que pouco tempo depois acabou culminando no casamento deles.

Mary Jane ficou grávida de Peter que resultou no nascimento da pequena May Parker. Só que infelizmente retiraram a menina da continuidade normal e a puseram numa realidade alternativa aonde ela cresceu e transformou-se na Garota-Aranha.

Anos 90 – A Saga do Clone

A década posterior amargou um grande fardo nas histórias do herói, pois Todd McFarlane havia saído da Marvel e fundou com outros artistas e roteiristas a Image Comics. A intenção era publicar suas ideias sem abrir mão dos direitos autorais. Foi uma renovação no mercado que até deixou a DC Comics em terceiro lugar em vendas.

Voltando, também tivemos a terrível e complicada Saga do Clone que adaptava uma história que havia acontecido lá nos anos 70. Quando o vilão Chacal criou Kaine, um clone deformado do Peter (ele também havia feito um clone da bela Gwen Stacy).

A aparição de Ben Reilly transformou a vida de Peter, pois ele passou a acreditar que não era o verdadeiro Homem-Aranha. Ben assumiu o codinome de Aranha Escarlate, pois tinha o mesmo senso de responsabilidade que Parker.

Um exame de DNA feito por Seward Trainer acabaria revelando que Ben era o “Aranha verdadeiro” fazendo parecer que toda a vida do herói escorria pelo ralo.

A situação não era das melhores a Tia May estava muitíssimo doente, Harry havia morrido, MJ ficou grávida e pra piorar mais ainda Peter perdeu seus poderes.

Após combater Kaine e o Chacal, Peter abandonou o traje pra seguir uma vida normal deixando, Ben assumir como protetor de Nova York.

Só que tudo não passava de um plano astutamente planejado por Norman Osborn que todos achavam que havia partido desta pra melhor (ele queria se vingar pela morte do seu filho Harry).

Na conclusão, Ben se sacrifica salvando os funcionários do Clarim Diário para que Peter possa lutar contra o Duende Verde. Após sua morte o corpo de Bem se dissolve comprovando que Peter sempre será o verdadeiro e único Homem-Aranha.

Foram praticamente dois anos de a Saga do Clone que mais pareciam uma eternidade deixando muitos leitores confusos. E sendo marcada como uma das piores de todos os tempos nas aventuras do herói.

Eu não poderia esquecer que ainda tivemos a também sofrível Crise de Identidade, na qual o Escalador de Paredes é acusado de assassinato (mais uma vez por causa de Norman).

Só pra fechar a Casa de Ideias resolveu reiniciar o Cabeça de Teia tentando torna-lo novamente acessível para novos leitores após as burradas que havia feito.

E nós tivemos Homem-Aranha: Gênese (ou Spider-Man: Chapter One), que foi uma pequena série de 13 edições escrita e desenha pelo mestre John Byrne.

Sinceramente apesar de gostar demais do Byrne foi algo sem necessidade nenhuma. Sua versão ficou marcada até como algo a parte do universo do herói tendo “talvez” acontecido em seu inicio de carreira.

A lista de namoradas do Cabeça de Teia aumentou, pois se antes havia Betty Brant, Liz Allan, Gwen Stacy, Mary Jane e Felícia Hardy. Agora ainda temos Michele Gonzalez, Carlie Cooper e Norah Winters.

Confira na galeria abaixo algumas imagens do Espetacular Homem-Aranha que garimpei na web

0 1 2.1 2 3.1 3 4 5 6 7

spider man-alex ross

8 9 11-alex-ross 12-bill-walko 13-gary-frank

spider-man and friends 14-john romita sr

15-john-romita-sr 16-j-scott-campbell 17-j. scott campbell 18-joe-jusko 19-paolo-rivera 20-jprat 22-skottie-young 23-todd-mcfarlane 24-steve rude 25-terry-dodson 26-macomb-seepwood 27

web

aranha-escarlate betty_brant

carlie-cooper michael dooney Michele_Gonzales Norah_Winters

cabecademartelo carnificina chacal Dr-Octopus electro Flash_Thompson greengoblin Harry-Osborn hobgoblin homem-areia J._Jonah_Jameson Kraven liz_allan Lizard mary jane morbius Morlun mysterio puma rino robbie-robertson scorpion spider-verse tio-ben venom 2-sexteto-sinistro-by-john-romita-sr.vulture wallpaper 0 wallpaper 1-the-amazing-spider-man wallpaper 2-espetacular-homem-aranha wallpaper 3 wallpaper 4 wallpaper 5 wallpaper-sexteto-sinistro wallpaper-spiderman-2

Ober un evezhiadenn

Filed under Herói

Artista

z

Josh Howard

Ele é mais conhecido por seu trabalho com o gibi Dead@17 que conta as aventuras de Nara Kilday. A adolescente morreu para logo em seguida de uma maneira estranhamente inacreditável renascer para combater demônios (é muito sinistro!).

Em sua luta pra salvar nosso mundo, Nara recebe a ajuda de Hazy Foss, sua melhor amiga e Elijah, um amigo das duas adolescentes.

Sinceramente foram suas pin-ups que chamaram minha atenção pro seu trabalho.

Ele possui um estilo leve e meio despretensioso mais se prestarmos atenção não  é nada disso. Josh Howard consegue mostrar uma elegância sutil nas atitudes de nossas musas.

Na galeria abaixo você irá encontrar:  Mulher Maravilha, Mary Jane, Supergirl, Branca de Neve, Gwen Stacy, Hermione, Batgirl, Velocity, Ariel, Arlequina, Hitgirl entre outras

1 2 3 4 6 7 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44-velocity Ariel arlequina batgirl catwoman death Dorothy elektra gwen-stacy halloween hazy_foss hermione hit-girl leeloo mary-jane mm nara_kilday padme pirate_booty red-sonja robin roxy supergirl thinker-bell

 

Ober un evezhiadenn

Filed under Artista

Imagens

Z-bruce-timm

X-23

Também conhecida como Laura Kinney ou Laura Howlett é uma adolescente criada pra ser a máquina de matar perfeita.

Dizem as lendas que X-23 é um clone do Wolverine, mas se não me engano há outras informações que a demonstram como filha do baixinho canadense.

A piralha apareceu pela primeira vez na série animada X-Men: Evolution. Somente depois de alcançar um relativo sucesso migrou pros gibis. Criada pela dupla Craig Kyle e Christopher Yost, Laura teve participação nos episódios “X-23” e “Alvo X”.

Laura migrou pros quadrinhos em 2004 transformando-se na irmã caçula do Dentes-de-Sabre e do Logan.

A grande diferença dela pro Wolverine são suas garras duplas, porque enquanto o baixinho apresenta somente três nas mãos (X-23 ainda tem garras nos pés).

A intenção também era revestir o esqueleto de Laura com adamantium, mas ela fugiu antes que isso fosse feito.

Além de ter recebido um intenso e variadíssimo treinamento em artes marciais, explosivos, armas entre outras coisas. X-23 possui praticamente os mesmos poderes que Logan como: fator de cura, sentidos fora do comum, agilidade e força sobre humana.

Na série animada, Laura havia sido criada para ser uma assassina fria e cruel concluindo sempre de forma incrível todas as missões que lhe mandavam. E a Dra. Deborah Risman foi quem criou a menina desenvolvendo um tipo de sentimento materno por ela.

Mesmo sendo nova e sofrendo experimentos terríveis, X-23 foi a procura de Logan derrotando facilmente os X-Men, mas depois acabou se aliando ao baixinho.

X-23 deu muito trabalho até pro herói demonstrando estar sempre um passo a frente dele em todos os momentos.

Contemple na galeria abaixo algumas imagens da X-23 e também de algumas outras musas da Casa de Ideias

Aqui você encontra: Gwen Stacy, Tempestade, Jean Grey, Mary Jane, Emma Frost, Domino, Vampira, Red Sonja entre várias outras (aprecie com moderação)

0 1 2-X-men-evolution 3-x_23_by_dcwj-d4vnlq4 4-x_23_by_agr1on-d6xxemy 5-x_23_by_protokitty 6 7-x23_pda_by_j_estacado 8 9 10 11 12 13 14 15 16_carlosbragaart80_by_kenkira

z-gwen_stacy_by_mike-debalfo

0-gwen-steve rude

storm1-Storm

3 6 7 8 9 10.1 11 12 13 14

15  18-aleta

16

20-rogue_by_garrett-blair 21-rogue-elias_chatzoudis 22

rogue_2014_by_markovah

27 29 30 31 angela-by-adi-granov OLYMPUS DIGITAL CAMERA Cleopatra_Nefertiti_(Earth-616) daredevil dazzler-todd nauck domino emma frost-bruce timm emma emma_by_davidyardin free_spirit_dave_hoover jaqueta-amarela_Rita_DeMara  lorna magik-michael-dooney nebula nova psylocke  savage_ladies_by_sqarr  she_hulk_by_sugaryrainbow she-hulk and miss-marvel sonja-enric-torres

burgos___she_vision_by_deaddog2007

storm_by_david-yardin wallpaper-by-adam-hughes wallpaper-lady sif jamie alexander wallpaper-vampira wallpaper-witches white-tiger

Ober un evezhiadenn

Filed under Imagens